Evolução Histórica da Empresa


A Sociedade foi constituída em 1966 como “Latoaria Mecânica da Relva, Lda.” e iniciou a sua actividade num pequeno pavilhão com cerca de 500 m2.

Em 1978, transferiu-se para o primeiro pavilhão das actuais instalações e em 1981 a empresa começa verdadeiramente a crescer, com a aquisição do mercado e parte dos activos de produção de embalagens general-line a uma outra empresa.

No ano seguinte adquire a sua primeira linha de impressão. Para além da divisão de impressão, cria então também a divisão de pré-impressão e passa a ter integrados todos os serviços inerentes à produção das embalagens metálicas - pré-impressão, impressão, fabrico dos componentes, montagem da embalagem e distribuição do produto acabado.

A empresa continuou a investir na sua modernização, no aumento da sua capacidade produtiva e a introduzir inovações no mercado, de tal forma que, em 1988, foi a primeira empresa portuguesa a certificar embalagens para o transporte de produtos perigosos por estrada.

A adesão de Portugal à agora União Europeia fez com que a Neorelva reformulasse o seu conceito de mercado doméstico, focando a partir de então o mercado europeu, entrando em Espanha em 1989. Actualmente, mais de 60% do seu volume de negócios é realizado fora de Portugal, fruto da estratégia de crescimento delineada e da notoriedade conquistada.

O factor qualidade sempre constituiu uma prioridade para a empresa. Este esforço materializou-se em 1995 com a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade segundo a norma ISO 9002 e em 2003 segundo a norma ISO 9001:2000.

Até 2004 a empresa dedicou-se em exclusivo às embalagens metálicas, altura em que adquire a totalidade do capital da sociedade VDS Plásticos, hoje Neorelva Plásticos. Constituída em 1986, à data da aquisição a VDS era já o líder do mercado português de embalagens em plástico para o sector de tintas e colas. A Neorelva passa então a oferecer aos seus clientes também embalagens em plástico e assume uma posição de relevo na Península Ibérica enquanto fornecedor de embalagens para o sector das tintas, vernizes e colas.

A preocupação pela vanguarda tecnológica em sistemas de informação, aspecto fundamental da estratégia da Neorelva, culminou na implementação do sistema integrado SAP, que a partir de 2007 passou a ser utilizado na gestão de todos os processos de negócio da empresa.

2007 foi também o ano da consolidação da presença no mercado Ibérico, com a aquisição do mercado de embalagens em folha-de-flandres à GREIF e com a constituição da Neorelva Packaging Spain.

Em 2008, a Neorelva alarga a sua gama de produtos Insuflação e à Injecção de embalagens em Polietileno (PE), com a aquisição dos activos e mercados de embalagens em plástico da empresa espanhola Plastimobel.

Para fazer face a esta nova etapa de crescimento da Neorelva, foi adquirido um novo pavilhão industrial, onde se instalou a segunda unidade de embalagens plásticas, orientada para a Impressão das embalagens em plástico.

Estes novos investimentos permitirão manter os níveis de crescimento da Neorelva e reforçar a sua posição enquanto fornecedor de embalagens industriais na Península Ibérica.



 
 
 
Notícias | Quem somos | Embalagens Metálicas | Embalagens em Plástico | Contactos | Mapa do site | ©2006 Neorelva